Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem rapariga católica. Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia e do amor incondicional ao próximo. Espero que este blog vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem rapariga católica. Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia e do amor incondicional ao próximo. Espero que este blog vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

Porque "descansar também é uma missão"

Lamego.JPG

 

Eis que estamos já em Agosto.

Neste fim-de-semana estamos de partida. Agosto para nós sempre significou férias na terra da mãe, em Lamego. No meio da serra, situa-se a lindíssima mas modesta quinta da tia, a irmã mais nova da mãe. Este será também o segundo verão que passamos sem o avô materno. E só Deus sabe as saudades que sentimos dele...

Passaremos as próximas 3 semanas praticamente sem rede telemóvel e sem internet. Mas estaremos na presença dos primos e dos tios maternos, das galinhas, dos gansos, dos coelhos, dos porcos e duma horta maravilhosa!!

Iremos estar longe do rebuliço da cidade, da pressa constante e do barulho e ruídos da sociedade moderna! Uii, como vai ser bom! Iremos estar no "silêncio" da natureza com Deus, no meio da Sua obra magnífica, e rodeados de familiares. Oh, mal posso esperar! :)

Lamego para nós é quase sinónimo de paraíso! É o local que sempre escolheremos para realizar a nossa missão de descansar e de recuperar a força e vontade necessárias para servirmos o Senhor durante o próximo ano! 

Desejo a todos umas abençoadas férias!

Nós, o pecado e Jesus Cristo

É simplesmente incrível a velocidade a que passam os dias de férias este ano.

Apesar de estar de férias da faculdade, entre as horas diárias do estágio médico extra, as "lições domésticas" cá em casa e o simples passar tempo com a família (actividade, infelizmente, bastante posta de lado durante o ano lectivo), não me tem restado muito tempo para blogs nem para escrever.

Além disso, e talvez seja esta a razão principal por não ter escrito nada no blog nas últimas semanas, quando acabei os exames e fiz um balanço do ano que terminara, apercebi-me que tinha cometido um grave pecado. E, por causa do primeiro, ainda cometi outro, também ele grave.

Depois de muita reflexão, e de muito me chatear comigo própria e de pedir perdão a Deus, dirigi-me à confissão, no horário habitual a que costumava ir. Contudo, descobri que um dos nossos dois padres entrou de férias, e o outro, para assumir as responsabilidades diárias dos dois, limitou o horário das confissões para um determinado dia a uma determinada hora. O problema, é que a essa hora eu ainda estou no estágio. Bonito! E agora?

 

É raro eu discutir ou ficar zangada com outra pessoa. Mas, quando tal acontece, costuma ser alguém que eu amo muito, como a mãe ou a avó. Cada segundo que passa estando nós chateadas é um autêntico tormento. Dói, a sério. Dói porque me sinto magoada, mas dói mais ainda por pensar que magoei a outra pessoa. E tento logo fazer as pazes.

Da mesma forma, quando, horrorizada, apercebo-me que cometi um pecado grave contra Deus, tento confessar-me o mais depressa possível. Não suporto, de forma nenhuma, que Deus continue magoado comigo por vários dias ou semanas. Quero pedir-Lhe o meu mais sincero perdão e fazer as pazes JÁ! 

 

Mas a verdade, é que não tive oportunidade de me confessar durante 2 semanas. Foi horrível...

 

A meio da semana passada lembrei-me que eu e a mãe tínhamos combinado ir ao Santuário de Fátima no dia 18, sábado. E foi aí que me lembrei dum post da Teresa. Fez-se luz! Eu posso confessar-me em Fátima! 

 

20140906_122925.jpg

 Fátima 2014 - Este ano, esquecemo-nos de tirar fotos! Mas o tempo estava parecido, acreditem ....

 

Assim foi. Começámos a manhã com a via sacra dos pastorinhos. Com chuva! Em pleno Julho! Quem diria ....

DSCN6886.JPG

DSCN6894.JPG

DSCN6892.JPG

DSCN6897.JPG

DSCN6898.JPG

DSCN6903.JPG

 Fátima 2014 - Este ano, esquecemo-nos de tirar fotos! Mas o tempo estava parecido....

 

Depois, seguimos para o confessionário!

Incrivelmente, tive uma experiência muito parecida com aquela que a Teresa descreveu no post. Para me confessar, tive que descer uma escadaria até às profundezas do edifício, entrar numa câmara escura e, esperando pela minha vez, procurar bem no meu coração todos os pecados que tinha cometido. O confessionário é, sem duvida, uma experiência humilhante. Nunca é fácil para mim, orgulhosa como sou, ajoelhar-me e nomear todos os erros, todos os pensamentos maldosos, todas as acções contrárias aos ensinamentos de Jesus que cometi. Nunca é fácil para mim admitir o quanto errei, o quanto feri os outros e o quanto feri Deus. 

 

Mas, é então que o nosso amoroso Pai nos estende a mão, levanta-nos mais uma vez, e nos diz que estamos perdoados, que estamos limpos e puros novamente. E tudo, por causa do sangue que Jesus derramou por nós. E então, tudo fica bem novamente.

 

Oh! A felicidade que senti em deparar-me com a água límpida da fonte e com as pombas brancas, tal como a Teresa descreveu!! E a intensíssima felicidade de subir de novo a escadaria, em direcção à luz encadeante do sol!!

 

Alguma vez tiveram dificuldade em perceber o que acontece no sacramento da reconciliação? Ainda não percebem bem o que Jesus fez por nós na Cruz? Ora tomem atenção a este vídeo, que demonstra de forma muito simples e clara, exactamente aquilo que Jesus Cristo nos ofereceu, ao sacrificar-se por nós no Calvário:

 

 

"Tem compaixão de mim, ó Deus, pela Tua bondade; pela Tua grande misericórdia, apaga o meu pecado.

Lava-me de toda a iniquidade; e purifica-me do meu pecado.

Purifica-me com o hissope e ficarei puro, lava-me e ficarei mais branco do que a neve.

Desvia o Teu rosto dos meus pecados e apaga todas as minhas culpas.

Cria em mim, ó Deus, um coração puro."

Salmo 51:3-4, 9, 11-12

 

 

P.s: A minha admiração a ler o post desta 2ªfeira da Teresa - a família Power foi-se confessar no mesmo dia que eu! Ha ha!

O fim da prova e o início do verão

Queridas Famílias de Caná e leitores do blogue

 

Tenho tanto que vos agradecer. Por todos os comentários, emails e mensagens de apoio. Foram todos tão importantes. E ajudaram-me imenso :) Obrigado!! Obrigado!!

 

A Prova finalmente acabou. Cheguei ao outro lado da margem. 

Por mais incrível que me pareça, não caí nem escorreguei da corda. E, apesar de ter deixado cair algumas pedras durante a minha viagem, os baldes encontram-se inacreditavelmente cheios. Louvado seja o Senhor!

Esta época de exames foi a mais difícil até hoje. Sei que pareço um disco riscado a dizer sempre isto, mas é verdade. Cada nova época de exames revela-se mais difícil, exigente e trabalhosa que a anterior.

girl resting.jpg

 Créditos da imagem

 

Passei os últimos 3 dias a hibernar (ou seja, a dormir cerca de 12horas por dia) e mesmo assim ainda me sinto exausta e sem forças. Apesar disso, a mãe fez-me uma surpresa e fomos passear durante o fim-de-semana. O nosso último passeio tinha sido o retiro da Quaresma das Famílias de Caná…

 

Agora, estou de férias até Setembro! Mas apesar disso, tenho milhares de coisas para fazer!

Realizarei um primeiro estágio médico extra-faculdade dentro de dias. Em Agosto vamos 3 semanas de férias para Lamego, a terra natal da mãe, onde celebrarei o meu 22º aniversário. E voltamos para casa a tempo de realizar um 2º estágio médico! Iupi!

 

No meio disto tudo, a avó e a mãe retomarão as minhas lições domésticas:

  • Culinária (módulo 2 e 3) - O verão passado aprendi (finalmente) a fazer o básico da cozinha (módulo 0) e alguns pratos de carne (módulo 1). O pai, querido como sempre, ofereceu-se para ser o provador principal. Nunca ficou doente, o que considero uma vitória. Também não pus fogo a nada, o que me surpreendeu verdadeiramente. Este verão passaremos para os pratos de peixe (módulo 2) e de sobremesas (módulo 3). Ui, vamos subir de nível de dificuldade! A primeira tentativa foi já um desastre… veremos!!

lady of the house.jpg

Créditos da imagem

  • Lida da casa (temas C e D) – Nesta área, eu já tinha andado na “pré-primária” e já tinha algumas bases. Fui admitida no escalão “primário”, em que elas se certificaram de que eu sabia mesmo alguma (pouca) coisa! Cobrimos os temas limpeza do chão (tema A) e limpeza do pó (tema B – completamente detestável na minha opinião! Não me peçam para voltar a repetir esta disciplina, por favor!). Também iniciámos o tema C, lavagem da loiça (nós não temos máquina de lavar a loiça). Pelos vistos, este verão, continuaremos com o tema C – parte 2: Como lavar a loiça em menos de 3 horas (um verdadeiro desafio para mim!). A mãe afirma que pessoas licenciadas em lida da casa (como ela e a avó) conseguem lavar a loiça toda em menos duma hora – eu simplesmente não acredito! Elas devem ter alguma arma especial de que ainda não me falaram – a poção do Obelix ou os espinafres do Popeye, só pode! Este verão iniciarei o grande tema D – Roupa: como lavar, estender, passar, dobrar e arrumar. Ui, parece-me tanto que deve-me dar pano para mangas! Vou ficar entretida durante várias horas ….Pelos vistos, a avó acha que eu não aprendi o suficiente dos temas A e B no ano passado porque “ofereceu-se” para me dar novas lições – numa semana de limpeza “primaveril” (ou seja, a fundo) da sua casa …!!

 

  • Compras (nível inicial) – Cá em casa é raro fazermos compras em grandes supermercados. Vamos à praça ou ao mercado, a pequenas lojas e mercearias e ao Pingo Doce (apenas porque é quase à nossa porta). Vou aprender a ler as revistas semanais dos descontos, a comparar (e decorar) preços, a escolher fruta, legumes, carne e peixe, e claro, a parte que a avó mais aguarda, vou aprender a carregar os sacos das compras para casa ….

 

  • Costura (escalão 2 – costura na máquina) – E por fim, a recompensa! Mal posso esperar!!! Vou fazer a minha primeira saia ou até vestido, se correr bem!

 

  • A mãe também prometeu que me ensinaria a fazer malha, mas ainda não temos nada definido por enquanto….

 

E isto tudo com origem num post da Teresa, como não podia deixar de ser! :)

 

“Quem poderá encontrar uma mulher virtuosa?

O seu preço vale muito mais que rubis.

O coração do seu marido confia plenamente nela, e não lhe faltará nada.

Ela levanta-se quando é ainda noite, para alimentar a sua família e dar tarefas às suas servas.

Ela entrega-se com vontade ao seu trabalho, e os seus braços são fortes e vigorosos.

Ela sabe dar valor ao seu trabalho, e mesmo de noite a sua lâmpada não se apaga.

Ela cuida bem da sua casa, e não dá lugar à preguiça."

Provérbios 31