Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem católica portuguesa.Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia, da caridade, do amor a Deus e ao próximo.Espero que ele vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem católica portuguesa.Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia, da caridade, do amor a Deus e ao próximo.Espero que ele vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

Os nossos nomes que estão escritos no Céu

Maravilha-me sempre como o Senhor nos pode falar ao coração, de tantas maneiras diferentes, através duma única passagem das Sagradas Escrituras ....

No outro dia, estava a ler o Evangelho segundo S.Lucas, capítulo 10, sobre o episódio em que Jesus (v.1) "escolheu 72 discípulos e enviou-os dois a dois, á Sua frente, a todas as cidades e lugares aonde Ele próprio devia ir".

Mais à frente, no v.17, é-nos relatado que "os 72 voltaram, muito alegres, dizendo: «Senhor, até os demónios nos obedecem por causa do Teu Nome.» Jesus respondeu: «Eu vi Satanás cair do céu como um relâmpago. Olhai que vos dei poder de andar sobre cobras e escorpiões e sobre a força do inimigo, e nada vos poderá fazer mal. Contudo, não vos alegreis porque os espíritos maus vos obedecem; antes, alegrai-vos porque os vossos nomes estão escritos no Céu.»"

 

Há cerca de um ano, perto do meu Crisma, pensei em oferecer uma pequena prenda à minha madrinha de Crisma, para agradecer pelo seu apoio e por tudo o que me tinha ensinado no último ano. Durante o retiro das Famílias de Caná, na Quinta do Conde, pude comprar um terço, com um azul muito bonito, que me fez logo lembrar a minha querida madrinha. Já em casa, tive a ideia de tentar bordar uma cruz num tecido e tentar fazer uma bolsinha pequena para guardar o terço. Para minha surpresa, o resultado ficou muito bonito - foi o primeiro bordado que fiz na minha vida mas, infelizmente, na altura não me lembrei de tirar uma foto...

Desde essa altura, sempre que tinha uns minutinhos livres, ía bordado umas coisas, aqui e ali - se tiverem curiosidade, podem ver algumas coisas que fiz, no último ano, na minha conta do Instagram - e, com o tempo, descobri uma enorme paixão pela arte de bordar! Deve ter uma componente genética algures, porque tanto a minha mãe como a minha avó também gostavam muito de bordar ... 

 

Em Abril, nasceu o último bebé do nosso círculo de amigos e familiares, e pensei em bordar uma toalha de banho para lhe oferecer...

Gabriel 1.jpg

Chamaram-lhe Gabriel - como o Anjo 

 

Tenho estado a aproveitar o Verão para bordar mais duas toalhas, para as oferecer no Natal a duas outras pessoas. Adoro aprender mais uma arte que me faz sentir em plena sintonia com outras mulheres ao longo da História - e até com algumas santas, no meio das milhares de mulheres que já pegaram numa agulha nesta Terra!

Santa Maria Domingas Mazzarello disse uma vez:

"Ao decidir aprender o ofício de costureira, disse à sua amiga Petronilla: «Coloquemos logo esta intenção: que cada ponto seja um ato de amor a Deus»." 
 
E esse tem sido o meu objectivo de cada vez que pego na agulha ...
 
 
Mas o que tem esta conversa toda a ver com o capítulo 10 do Evangelho de S. Lucas?
 

Gabriel 2.jpg

"Contudo, não vos alegreis porque os espíritos maus vos obedecem; antes, alegrai-vos porque os vossos nomes estão escritos no Céu.»"

 
Nesse dia, quando li este versículo, curiosamente a primeira imagem que se formou na minha mente foi a do nosso nome a ser bordado no Céu, ponto por ponto, por cada acto de amor que fazemos no nosso dia a dia. Por mais pequenino que seja o nosso acto, Deus está sempre atento e não deixa escapar nenhum dos nosso actos de amor e de sacrifício ... Ponto por ponto, um pouquinho mais a cada dia, mais um pontinho e outro e outro ... 
 
Em que estado estará o meu nome, Marisa, bordado no Céu?
Há dias em que penso (erradamente) que já devo ter uma letra completamente bordada no Céu; noutros dias, penso que não passará ainda do contorno do pontinho da letra i ...
 
Haverá pessoas que têm nomes maiores e mais compridos para serem desenhados no Céu; outros, santos, apenas "precisarão" de escrever um nome pequenino, como ...
 
 
Além disso, é também conhecida a analogia de que Deus está no Céu a fazer um bordado ou uma tapeçaria, um trabalho muito grande, bonito e especial, e que nós, como só vemos as costas ou o verso desse trabalho, não conseguimos ver claramente o desenho e só vemos os nós e os cruzamentos de linhas e as misturas de cores sem sentido. Um dia, quando chegarmos ao Céu e virmos o resultado desse bordado ou tapeçaria pelo lado de Deus, tudo fará finalmente sentido - e perderemos o fôlego ao observar o lindíssimo, maravilhoso, pormenorizado e extraordinariamente complexo trabalho do Senhor ...
 
 
Hoje rezo para que o Senhor nos dê a todos muitas e muitas oportunidades para darmos mais um pontinho no nosso nome, que está a ser bordado no Céu e para que Ele nos ajude a desatar todos os nós que nós próprios fazemos ... e não nos esqueçamos de rezar à melhor Desatadora de Nós que existe 

Canções-Orações

A época de exames que tive no mês de Junho foi, como têm sido todas, muito mais difícil que a anterior... muito mais difícil. O Senhor sabia disso perfeitamente. Então, para me ajudar nesta batalha, fez-me conhecer, através do site Cecília da Aleteia (um site dedicado à divulgação de música cristã), uma nova cantora católica americana, de nome Audrey Assad, que conquistou o meu coração na primeira canção que ouvi dela. Assim, durante toda a época de exames, cantei 1 ou 2 canções dela de cada vez que fazia um intervalo no estudo, o que sempre me ajudava a renovar as minhas forças...
A Audrey é uma cantora, compositora e pianista de descendência síria e filha de pais protestantes. Aos 24 anos converteu-se à Igreja Católica e hoje é casada e mãe dum menino de 3 anos. A Audrey tem um estilo musical muito próprio e único, mas tenho a certeza as letras das suas canções agradarão a todos. 

O seu último álbum, Inheritance (Herança), saiu este ano, e contém 11 músicas maravilhosas e profundas, que nos ajudam a rezar bem do fundo dos nossos corações. Fiz questão de vos traduzir todas as canções - porque simplesmente não consego escolher a que mais gosto!

A Audrey escreve as suas canções utilizando uma linguagem inglesa mais antiga que a actual, ou seja, muito mais difícil de traduzir. Não é só no português que, palavras como Saudade, não conseguem ter o seu total significado traduzido noutra língua, também o inglês antigo tem muitas palavras assim.... mas, curiosamente, é este tipo de inglês que sempre desperta o meu interesse e apreço.... É absolutamente lindo e poético e soa, oh tão bem! Pronto, já chega de divagações ... deixo-vos com as 11 melhores canções que eu alguma vez tive a oportunidade de ouvir 

 

1. Ubi Caritas (Onde houver caridade)

Ubi Caritas é uma música muito antiga, originalmente cantada nas Cerimónia de Lava-Pés na missa da Quinta-feira Santa. A Audrey Assad compôs uma nova melodia, mantendo o texto original da letra, em latim.

 

Letra original

Ubi caritas et amor, Deus ibi est.

Congregavit nos in unum Christi amor.

Exultemus, et in ipso iucundemur.

Timeamus, et amemus Deum vivum.

Et ex corde diligamus nos sincero.

 

Ubi caritas et amor, Deus ibi est.

Simul ergo cum in unum congregamur:

Ne nos mente dividamur, caveamus.

Cessent iurgia maligna, cessent lites.

Et in medio nostri sit Christus Deus.

 

Ubi caritas et amor, Deus ibi est.

Simul quoque cum beatis videamus,

Glorianter vultum tuum, Christe Deus:

Gaudium quod est immensum, atque probum,

Saecula per infinita saeculorum.

Tradução minha (da letra em inglês)

Onde houver caridade e amor, aí está Deus.

O amor de Cristo nos reuniu num só.

Alegremo-nos e satisfaçamo-nos n’Ele.

Tememos e amemos o Deus vivo.

E amemo-nos uns aos outros com um coração sincero.

 

Onde houver caridade e amor, aí está Deus.

Assim como estamos reunidos num só corpo:

Tenhamos cuidado, para a nossa mente não se dividir,

Para pararmos os impulsos malignos, para cessarmos todas as controvérsias  

E para que Cristo, nosso Deus, esteja no meio de nós.

 

Onde houver caridade e amor, aí está Deus.

E que possamos, como os santos,

Ver o Teu rosto em glória, ó Cristo nosso Deus;

A nossa alegria é imensa e boa,

E permanecerá através dos séculos sem fim.

 

 

2. Holy, holy, holy (Santo, santo, santo)

 

 

Letra original

Holy, holy, holy

Lord, God Almighty

Early in the morning our song shall rise to Thee

 

Holy, holy, holy

Merciful and mighty

God in three persons blessed Trinity

 

Holy, holy, holy

Though the darkness hide Thee

Though the eye of sinful man thy glory may not see

 

Only Thou art holy; there is none beside Thee

Perfect in power, in love, and purity

 

Holy, holy, holy

Lord, God Almighty

All Thy works shall praise Thy name in earth and sky and sea

 

Holy, holy, holy

Merciful and mighty

God in three persons blessed Trinity

Tradução minha

Santo, santo, santo

Senhor, Deus Todo-Poderoso

Cedo, pela manhã, as nossas canções subirão até Ti

 

Santo, santo, santo

Misericordioso e poderoso

Deus em três pessoas, abençoada Trindade

 

Santo, santo, santo

Embora a escuridão possa esconder-te

Embora pelos olhos do homem pecador a Tua glória não possa ser vista

 

Apenas Tu és santo; não existe ninguém além de Ti

Perfeito no poder, no amor e na pureza

 

Santo, santo, santo

Senhor, Deus Todo-Poderoso

Todas as Tuas obras louvarão o Teu nome na terra e no céu e no mar

 

Santo, santo, santo

Misericordioso e poderoso

Deus em três pessoas, abençoada Trindade

 

 

3. Be Thou my Vision (Sê a minha visão)

 

 

Letra original

Be Thou my Vision, O Lord of my heart;

Naught be all else to me, save that Thou art.

Thou my best Thought, by day or by night,

Waking or sleeping, Thy presence my light.

 

Be Thou my Wisdom, and Thou my true Word;

I ever with Thee and Thou with me, Lord;

Thou my great Father, I Thy true son;

Thou in me dwelling, and I with Thee one.

 

Riches I heed not, nor man’s empty praise,

Thou mine Inheritance, now and always:

Thou and Thou only, first in my heart,

High King of Heaven, my Treasure Thou art.

 

High King of Heaven, my victory won,

May I reach Heaven’s joys, O bright Heaven’s Sun!

Heart of my own heart, whatever befall,

Still be my Vision, O Ruler of all.

Tradução minha

Sê a minha Visão, oh Senhor do meu coração;

Mais nada é tudo para mim, a não ser Tu.

Tu és o meu melhor Pensamento, de dia ou de noite,

Acordada ou a dormir, a Tua presença é a minha luz.

 

Sê a minha Sabedoria, e sê a minha verdadeira Palavra;

Eu estou sempre conTigo e Tu comigo, Senhor;

Tu és o meu grande Pai, eu sou Teu filho verdadeiro;

Tu habitas em mim, e eu habito conTigo.

 

Não presto atenção às riquezas, nem ao louvor vazio dos homens,

Tu és a minha Herança, agora e para sempre:

Tu e só tu, és o primeiro no meu coração,

Supremo Rei dos Céus, o meu Tesouro és Tu.

 

Supremo Rei dos Céus, a minha vitória conquistada,

Possa eu chegar às alegrias do Céu, ó brilhante Sol do Céu!

Coração do meu próprio coração, aconteça o que acontecer,

Serás sempre a minha Visão, ó Soberano de todos.

 

 

4. I Wonder as I Wander (Eu maravilho-me enquanto vagueio)

 

 

Letra original

I wonder as I wander out under the sky

That Jesus my Saviour did come for to die

For poor ornery people like you and like I

I wonder as I wander out under the sky

Tradução minha

Eu maravilho-me enquanto vagueio sob o céu

Que Jesus, o meu Salvador, tenha vindo para morrer

Pelas pobres pessoas de mau-feitio, como tu e como eu

Eu maravilho-me enquanto vagueio sob o céu

 

5. How can I keep from singing (Como posso eu não cantar)

 

 

Letra original

My life flows on in endless song

Above earth’s lamentation

I hear the sweet though far off hymn

That hails a new creation

Through all the tumult and the strife

I hear the music ringing

It finds an echo in my soul

How can I keep from singing

 

What though my joys and comforts die

The Lord my Savior liveth

What though the darkness gather round

Songs in the night He giveth

No storm can shake my inmost calm

While to that refuge clinging

Since Christ is Lord of Heav’n and earth

How can I keep from singing

 

I lift mine eyes the cloud grows thin

I see the blue above it

And day by day this pathway smoothes

Since first I learned to love it

The peace of Christ makes fresh my heart

A fountain ever springing

All things are mine since I am His

How can I keep from singing

Tradução minha

A minha vida flui numa canção sem fim

Acima das lamentações da Terra

Eu oiço a doce, embora longínqua, canção

Que chama a uma nova criação

Através de toda a revolta e de todo o conflito

Eu oiço o som da música

Ela encontra um eco na minha alma

Como posso eu não cantar

 

Embora as minhas alegrias e confortos morram

O Senhor, o meu Salvador, vive

Embora a escuridão se reúna à minha volta

Ele dá-me canções pela noite

Nenhuma tempestade pode abalar a minha calma interior

Enquanto eu me segurar bem neste refúgio

Uma vez que Cristo é o Senhor dos Céus e da Terra

Como posso eu não cantar

 

Eu levanto os meus olhos para a nuvem que cresce ténue

Eu vejo o azul acima dela

E, dia após dia, este caminho suaviza-se

Desde a primeira vez que aprendi a amá-la

A paz de Cristo torna o meu coração novo

Uma fonte sempre brotando

Todas as coisas são minhas, visto que eu sou Dele

Como posso eu não cantar

 

 

6. Oh The Deep, Deep Love of Jesus (Oh o profundo, profundo amor de Jesus)

 

 

Letra original

Oh the deep, deep love of Jesus

Vast, unmeasured, boundless, free

Rolling as a mighty ocean

In its fullness over me

 

Underneath me, all around me

Is the current of Your love

Leading onward, leading homeward

To Your glorious rest above

 

Oh, the deep, deep love of Jesus

‘tis heaven of heavens to me;

and it lifts me up to glory,

for it lifts me up to thee!

 

Oh, the deep, deep love of Jesus

spread his praise from shore to shore!

How he loves us, ever loves us,

changes never, nevermore!

Tradução minha

Oh o profundo, profundo amor de Jesus,

Vasto, imensurável, ilimitado, livre

Movendo-se como um oceano poderoso

Na sua plenitude acima de mim

 

Debaixo de mim, em torno de mim

É a corrente do Teu amor

Levando-me adiante, levando-me para casa

Até ao Teu glorioso repouso

 

Oh o profundo, profundo amor de Jesus,

Até ao Céu dos Céus para mim;

e levanta-me até à glória,

uma vez que me levanta até Ti!

 

Oh o profundo, profundo amor de Jesus,

Espalha o Seu louvor de costa a costa!

Como ele nos ama, Ele sempre nos amará,

Isso nunca mudará, nunca!

 

 

7. Jesus' Blood Never Failed Me Yet (O sangue de Jesus ainda nunca me falhou)

Baseada numa canção de 1971, de Gavin Bryars, que a ouviu da boca dum sem-abrigo em Inglaterra.

 

 

Letra original

Jesus' blood never failed me yet

Never failed me yet

Jesus' blood never failed me yet

And this one thing I know: that he loves me so

 

Jesus' blood never failed me yet

Never failed me yet

Jesus' blood never failed me yet

And this one thing I know: that he loves me so

Tradução minha

O sangue de Jesus ainda nunca me falhou

Nunca me falhou

O sangue de Jesus ainda nunca me falhou

E esta é uma coisa que eu sei: que ele me ama muito

 

O sangue de Jesus ainda nunca me falhou

Nunca me falhou

O sangue de Jesus ainda nunca me falhou

E esta é uma coisa que eu sei: que ele me ama muito

 

 

8.New every morning (Novas todas as manhãs)

 

 

Letra original

In the beginning You hovered over the waters:

You broke an unbroken silence:

You spoke light into darkness

And there was light

 

In the beginning we were made in Your image

We were naked without shame

til we fell for the darkness

And there was night

 

Your mercies are new

Your mercies are new

New every morning.

 

In the beginning there was the Word and he was God

And the Word was with God and He dwelt among us

And there was life

 

In the beginning the Lamb of God was broken

And His blood was poured out for the sins of the world

And there was life

 

Your mercies are new

Your mercies are new

New every morning.

 

At the cross, at the cross, where I first saw the light

At the cross, at the cross, I received my sight

At the cross, at the cross where you laid down your life

Tradução minha

No princípio, Tu voavas sobre as águas:

Tu quebraste um silêncio inquebrável:

Tu fizeste raiar a luz na escuridão

E então houve luz

 

No princípio, nós fomos criados à Tua imagem

Nós estávamos nus sem vergonha alguma

Até que caímos na escuridão

E então foi noite

 

As Tuas misericórdias são novas

As Tuas misericórdias são novas

Novas todas as manhãs.

 

No princípio, havia o Verbo, e Ele era Deus

E o Verbo estava com Deus e Ele habitava entre nós

E então havia vida

 

No princípio, o Cordeiro de Deus foi despedaçado

E o Seu sangue foi derramado pelos pecados do mundo

E então houve vida

 

As Tuas misericórdias são novas

As Tuas misericórdias são novas

Novas todas as manhãs.

 

Na cruz, na cruz, onde eu vi pela primeira vez a luz

Na cruz, na cruz, onde eu recebi a minha visão

Na cruz, na cruz onde Tu entregaste a Tua vida

 

 

9. It is well with my soul (Está tudo bem com a minha alma)

Canção original de Horatio G. Spafford, 1873.

 

 

Letra original

When peace, like a river, attendeth my way,

When sorrows like sea billows roll;

Whatever my lot, Thou has taught me to say,

It is well, it is well, with my soul.

 

It is well (it is well)

with my soul (with my soul)

It is well, it is well with my soul.

 

Though Satan should buffet, though trials should come,

Let this blest assurance control,

That Christ has regarded my helpless estate,

And hath shed His own blood for my soul.

 

My sin, oh, the bliss of this glorious thought!

My sin, not in part but the whole,

Is nailed to the cross, and I bear it no more,

Praise the Lord, praise the Lord, O my soul!

Tradução minha

Quando a paz, como um rio, comparece no meu caminho,

Quando as tristezas, como as ondas do mar, me enrolam;

Qualquer que seja a minha sorte, Tu ensinaste-me a dizer,

Está tudo bem, está tudo bem com a minha alma.

 

Está tudo bem (está tudo bem)

com a minha alma (com a minha alma)

Está tudo bem, está tudo bem com a minha alma.

 

Embora Satanás nos provoque contratempos, embora provações surjam,

Deixa que esta bem-aventurança assuma o controlo,

Que Cristo reparou o meu estado impotente,

E derramou o Seu próprio sangue pela minha alma.

 

O meu pecado, oh, a alegria deste pensamento glorioso!

O meu pecado, não em parte, mas como todo,

Está pregado na Cruz, e eu não o carrego mais,

Louvado seja o Senhor, louvai o Senhor, ó minha alma!

 

 

10. Even unto death (Até à morte)

 

 

Letra original

Jesus the very thought of You it fills my heart with love

Jesus You burn like wildfire and I am overcome

 

Lover of my soul even unto death

With my every breath I will love You

 

Jesus You are my only hope and You my prize shall be

Jesus You are my glory now and in eternity

 

Lover of my soul even unto death

With my every breath I will love You

 

In my darkest hour

In humiliation

I will wait for You

I am not forsaken

 

Though I lose my life

Though my breath be taken

I will wait for You

I am not forsaken

 

One thing I desire

To see You in Your beauty

You are my delight

You are my glory

You my Sacrifice

Your love is all-consuming

You are my delight

You are my glory

 

Jesus, the very thought of You,

Jesus, the very thought of You ...

Tradução minha

Jesus, o simples pensar em Ti, enche-me o coração com amor

Jesus, Tu queimas-me, como uma fogueira, e eu sou superada

 

Amante da minha alma, até a morte

Com cada respiração minha, Eu vou amar-Te

 

Jesus, Tu és a minha única esperança e Tu serás sempre o meu prémio

Jesus, Tu és a minha glória, agora e por toda a eternidade,

 

Amante da minha alma, até a morte

Com cada respiração minha, Eu vou amar-Te

 

Na minha hora mais negra

Na humilhação

Eu esperarei por Ti

Eu não serei abandonada

 

Mesmo que eu perca a minha vida

Mesmo que o meu fôlego me seja retirado

Eu esperarei por Ti

Eu não serei abandonada

 

Uma única coisa eu desejo

Ver-Te em toda a Tua beleza

Tu és o meu deleite

Tu és a minha glória

 

Tu, meu Sacrifício,

O Teu amor tudo consome

Tu és o meu deleite

Tu és a minha glória

 

Jesus, o simples pensar em Ti,

Jesus, o simples pensar em Ti...

 

 

11. Abide with me (Fica comigo)

 

 

Letra original

Abide with me; fast falls the eventide;

The darkness deepens; Lord with me abide.

When other helpers fail and comforts flee,

Help of the helpless, O abide with me.

 

Swift to its close ebbs out life’s little day;

Earth’s joys grow dim; its glories pass away;

Change and decay in all around I see;

O Thou who changest not, abide with me.

 

I fear no foe, with Thee at hand to bless;

Ills have no weight, and tears no bitterness.

Where is death’s sting? Where, grave, thy victory?

I triumph still, if Thou abide with me.

 

Hold Thou Thy cross before my closing eyes;

Shine through the gloom and point me to the skies.

Heaven’s morning breaks, and earth’s vain shadows flee;

In life, in death, O Lord, abide with me.

Tradução minha

 Fica comigo; rapidamente cai o anoitecer;

A escuridão aprofunda-se; Senhor, fica comigo.

Quando os outros ajudantes falharem e os confortos fugirem

Ajuda dos impotentes, ó fica comigo.

 

Rapidamente flui para o seu fim, o pequeno dia da nossa vida;

As alegrias da Terra escurecem; as suas glórias passam;

Mudança e decadência estão por todo o lado;

Ó, Tu que nunca mudas, fica comigo.

 

Eu não temo nenhum inimigo, conTigo perto para me abençoar;

Os males não têm qualquer peso e as lágrimas qualquer amargura.

Onde está o aguilhão da morte? Onde está, sepultura, a tua vitória?

Eu triunfo, se Tu ficares comigo.

 

Segura a Tua cruz diante dos meus olhos que se fecham;

Brilha através da escuridão e aponta-me os céus.

Rompe-se a manhã do céu, e as sombras vãs da Terra fogem;

Na vida, na morte, ó Senhor, fica comigo.

  

Dicas para rezar o Terço

Em Maio passado comecei a escrever uma série de posts acerca do Santo Rosário. Lembram-se?

Primeiro, contei-vos acerca da minha surpresa quando descobri que Nossa Senhora nos tinha pedido para rezarmos o Terço todos os dias e da forma como eu costumo rezá-lo. Depois, num post seguinte, falei-vos das 15 promessas associadas ao Santo Rosário e das várias graças que recebemos ao sermos fiéis a esta devoção.

 

Quando comecei a descobrir a Fé Católica e a devoção a Nossa Senhora, comecei a rezar cheia de vontade e de entusiasmo por esta “novidade” para mim … mas alguns dias depois, as circunstâncias da vida intrometem-se, a vontade foge pela janela, os minutos do dia não esticam e, com milhares de outras coisas a fazer sendo estudante de medicina, esta devoção inicial foi-se perdendo, debaixo da enorme pilha de livros para estudar ….

 

Entretanto, a nossa querida Teresa Power lá escrevia um post no blog acerca do Terço, e eu voltava a tentar e nesse dia rezava … mas no seguinte ou no depois já não … e vinha então mais um post no blog, mais uma tentativa, mais um esquecimento …. Isto vezes e vezes sem conta. Sentia-me como se estivesse numa rodinha dum hamster, a rodar, a rodar, a rodar, sem sair do sítio …

 

Nossa Senhora.jpg

Capela do Hospital Pulido Valente

 

Um dia disse finalmente, basta! Isto assim não pode continuar!

Fui conversar (e confessar) com um dos padres da nossa paróquia, e pedi-lhe ajuda. O que podia eu fazer para mudar a situação? Ele deu-me alguns conselhos, muito úteis e práticos, que hoje partilho convosco.

Além disso, nos dias seguintes fui à procura na internet de dicas para rezar o Terço – e na verdade, acabei por encontrar muitas mais do que estava à espera! Uau, afinal não era a única com dificuldades em conseguir rezar regularmente! O sentimento de compreensão mútua e o apoio companheiro e amigo é um dos traços que mais aprecio na Igreja Católica …

 

Ora, aqui vão elas - as 5 melhores dicas que vos posso dar:

 

Dicas para rezar o Terço ... quando se é péssimo nisso!

 Maria 2.jpg

  1.  Peçam ajuda a Nossa Senhora

Esta primeira dica é tão simples que a esquecemos facilmente – peçam ajuda a Nossa Senhora para que consigam rezar o Terço – e já agora, para todas as outras orações que façam no vosso dia! Afinal, a Virgem Maria é o exemplo mais perfeito de oração e de comunhão com a vontade de Deus…

Embora o Terço seja uma oração muito simples e fácil de praticar e acessível a todos, na verdade, assim como nós, vários santos tiveram dificuldades em pô-lo em prática regularmente. Não desanimem e não desistam … uma das lições que o Terço nos pode ensinar é exactamente o valor da persistência.

Da próxima vez que pegarem no vosso Terço para rezar, imaginem-se a dar a vossa mão a Nossa Senhora e que, juntos, caminharão os dois numa bela viagem pela vida de Jesus.

Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem

 

  1. Lembrem-se da vossa liberdade

Apesar das milhares de razões que existem para rezar o Terço, o facto de não o fazerem não faz de vós “maus cristãos” nem “mau católicos”. Um dos principais dons que recebemos como filhos de Deus é exactamente a nossa liberdade – liberdade em escolher, em servir, a amar. Deus nunca nos obriga a coisíssima nenhuma, e Nossa Senhora muito menos! É possível amá-La e honrá-La adequadamente sem rezar o Terço – assim como o fizeram outros santos que viveram antes da ampla divulgação desta devoção ou como aqueles que nunca tiveram a oportunidade de a conhecer!

Maria 12.jpg

Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem

  1. Descontraíam

Reforçando um pouco mais a ideia anterior: o Rosário é, sem dúvida, uma oração belíssima e permite-nos alcançar uma profunda e preciosa meditação sobre a vida de Jesus …. Mas não é o fim do mundo se vocês não o conseguirem rezar! Não há problema e Nossa Senhora certamente que não ficará ofendida que vocês não rezarem perfeitamente. Há dias em que rezamos assim-assim, mais ou menos bem, mais ou menos mal. Outros, em que rezamos mal, mal, mal … Mas, outros dias até nos surpreendemos com o que conseguimos fazer! Na maior parte dos dias, contudo, garanto-vos, rezaremos modestamente bem.

Além disso, não há problema se só rezarem o Terço às vezes. Não há problema se se esquecerem de o rezar. Não há problema se adormecerem a meio ou no fim, e não o completarem. Mais uma vez digo, não fará de vocês “maus católicos”. A sério! Podem tirar esse peso dos vossos ombros…. Contudo, é sim verdade, que rezar o Santo Rosário irá transformar-vos - em melhores e mais humildes pessoas!

Nossa Senhora é a estrada mais segura, directa e célere para o coração de Jesus e o Terço é um grande dom, uma graça especial, um lindo presente – mas não é o único, existem outros!

 

  1. Maria 6.jpgUm dia de cada vez

Não tentem, como eu tentei, fazer logo TUDO à primeira! Na primeiríssima vez que tentei rezar o Terço decidi rezar todo o Rosário, todos os mistérios, todos os dias, com todas as orações, perfeitamente bem e … vocês já sabem o resultado, não é?....

Eu não sou mãe, e ainda não experimentei aquele encanto e entusiasmo que vejo sempre surgir na face de todas as mães, ao verem os seus filhos fazerem algo pela primeira vez - o primeiro sorriso, o primeiro balbuciar, o primeiro passo … ou então, quando os seus filhos se superam e fazem algo melhor do que alguma vez conseguiram, como correr, chutar à bola, pegar bem numa colher ou garfo …

Ora, o Terço é uma oração que nos foi dada pela nossa Mãe celestial e, como a melhor das mães, tenho a certeza que a Santíssima Virgem se encanta e “se derrete” com cada passo, por mais pequenino que seja, que nós damos a caminho da santidade e duma vida de oração mais profunda e plena.

Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem

 

Rezar o Terço todos os dias pode-vos parecer impossível. E é, se o tentarem todo, duma vez e sozinhos. Mas, se pedirem ajuda a Nossa Senhora e tentarem rezar uma Avé-Maria a mais a cada dia que passa, ou uma década por dia, uma década rezada em família ao fim do dia ou no fim-de-semana, um pouco mais por dia, um pouquinho mais de amor … quando derem por vocês, estarão a rezar o Terço diariamente! E não desejarão outra coisa!

 

  1. Tempos modernos exigem medidas modernas

Concordarão certamente que, nos dias de hoje, as nossas vidas são bastante diferentes das vidas das pessoas que viveram há 500 anos atrás, ou até há 50 anos atrás. Antes, parece-me sempre, as pessoas tinham mais tempo - faziam as coisas com mais calma e tinham menos distracções, do que nós. Assim, talvez fosse mais fácil para os nossos antepassados encontrar o tempo necessário, todas as manhãs ou todas as noites, para rezar o Terço.  

A minha vida de estudante universitária é também diferente da vossa, como trabalhadores por conta própria ou de outrem, como solteiros ou como pais e avós, tenham uma família numerosa ou menos numerosa. Mas, falando-vos um pouco da minha vida em particular, ela é bastante diferente quer eu esteja em período de aulas na faculdade, em época de exames ou, claro, de férias de Verão

 

Durante o tempo de aulas, eu não consigo rezar o Terço todinho à noite, antes de ir para a cama, como gosto. Entre as coisas que preciso de fazer, as matérias que tenho de estudar para o dia seguinte e o enorme sono e cansaço diários, eu simplesmente não consigo rezar à noite.

Que solução encontrei? De manhã, na viagem de comboio para a faculdade, tenho o tempo suficiente para rezar o Terço. Vou contando as Avé-Marias pelos dedos, abstenho-me do stress matinal típico de Lisboa, e tenho todas as minhas orações rezadas antes de começar verdadeiramente o meu dia de trabalho no hospital. Simples e eficaz.

Vocês também podem rezar nas viagens de carro para o vosso trabalho – não devem conseguir rezar sozinhos, contando pelos dedos, mas podem gravar num cd ou no mp3 ou no telemóvel uma gravação do Terço (aconselho-vos duas óptimas gravações aqui* ou aqui) e assim não “se perdem”. Além disso, far-vos-á companhia e sentir-se-ão mais em comunhão com todos os outros católicos que poderão estar a rezar convosco. Para quem gostar de ainda mais modernices, existem hoje até aplicações para o telemóvel ou tablet (aqui, aquiaqui ou aqui) que ajudam-nos a rezar o Terço.

 

Maria 1.jpg

Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem 

 

Por outro lado, quando estou em época de exames, já não vou todos os dias de comboio para Lisboa. Além disso, tenho imensa matéria para estudar por dia e os intervalos são poucos e curtos. Assim, nestas alturas, rezo uma dezena do Terço por cada intervalo de estudo que faço. Vocês também podem adaptar este método ao vosso dia – por exemplo, uma dezena ao entrarem no carro de manhãzinha, uma dezena numa pausa da manhã, outra dezena na hora de almoço, outra dezena ao irem para casa ou ao chegarem a casa e, por fim, a última antes de irem para a cama.

 

Por fim, nos fins-de-semana e durante as férias, posso rezar da maneira que prefiro – rezo o Terço completo à noite, antes de ir para a cama.

Como sabem, eu não tenho experiência em rezar o Terço em família, nem com crianças – mas para isso podem passar pelo blog da Família Power ou, agora, no site das Famílias de Caná, que têm diversas ideias e sugestões!

 

E vocês, têm alguma dica? 

Se tiverem, por mais pequena que seja, escrevam-na nos comentários - pode fazer toda a diferença na vida de oração de outra pessoa! 

 

Podem encontrar aqui no blog outras ideias e sugestões para rezar o Terço - aqui.

 

* Existem inúmeros sites na internet com gravações já em formato áudio, grátis, que podem fazer download a vossa vontade – como por exemplo, o Passo-a-Rezar. Existem também vários sites que transformam estes vídeos do youtube em ficheiros áudio. É fácil e rápido, basta pesquisar no google!

Os Anjos

Continuando no espírito do post anterior, gostava de falar convosco acerca de alguns dos resultados e conclusões a que cheguei ao longo do meu plano bíblico.

No seu decorrer fiz uma série de descobertas que foram, para mim, verdadeiramente surpreendentes: por um lado, descobri que algumas das minhas ideias pré-concebidas acerca dum dado assunto estavam erradas ou, pelo menos, bastante longe da verdade; por outro lado, descobri várias coisas novas que não conhecia e nem fazia a mínima ideia.

 

Uma dessas descobertas foi a alegria e o sorriso de Jesus – de que já falei num post anterior.

 baby angel.jpg

 

Outro assunto que me cativou e deslumbrou bastante foram os Anjos. Não sei se convosco acontecerá o mesmo, mas a ideia e a imagem-chave que eu tinha dos Anjos era bastante parecida com esta.

Para mim, os Anjos eram parecidos com as crianças pequenas, branquinhos, pequeninos e gordinhos, com caracóis loiros e olhos claros, com umas asinhas pequeninas e sempre acompanhados de flores e música “angelical” e panos ondulantes à sua volta  ... (suspiro).

 

Imagem encontrada no Pinterest

 

Ou, achava eu, pelo menos os Anjos da Guarda deviam ser assim, como nesta segunda imagem: anjos femininos de aspecto muito doce e suave, novamente branquinhos e com os seus longos e bonitos caracóis, a acompanhar serenamente o seu respectivo ser humano, sempre a protegê-lo para não tropeçar e para não se meter em asneiras ….

 

Guardian angel sweet

 Imagem retirada daqui.

 

Início do meu plano bílbico. Génesis capítulo 3, versículo 24, final do relato da Queda de Adão e Eva do Paraíso: “[Deus] expulsou o homem e colocou diante do jardim do Éden os querubins e a espada flamejante, para guardar o caminho da árvore da vida.

Oh, querubins, que palavra tãoo querida  claro que são pequenas criaturinhas branquinhas, gordinhas e loirinhas….

 

Génesis, início do capítulo 18: aparecem 3 Anjos à frente da tenda de Abraão e Abraão … prostra-se diante deles? E chama-lhes Senhor??? …. isto não faz sentido … bem, pelo menos, devem ter mesmo uma aparência humana …

 

Ora, deviam ter visto a minha cara quando, mais à frente, no capítulo 19 leio que 2 desses Anjos vão a Sodoma, falar com Lot, sobrinho de Abraão, e lhe dizem: “Faz sair deste lugar os teus filhos e filhas, e todos os teus parentes que estão nesta cidade, porque nós vamos destruir este lugar, pois é grande o clamor que se ergueu contra eles diante de Yahweh. E Yahweh enviou-nos para os exterminar.”(Gn 19:12-13) e depois, mais à frente, que foram destruídas todas as cidades e toda a planície, com todos os seus habitantes ….

 

Ahn??? 

Os anjinhos loirinhos e gordinhos … destroem cidades?? exterminam pessoas?? Ahn?????

 

Na verdade, vim a descobrir mais tarde, em quase todas as passagens bíblicas em que surgem Anjos, uma das primeiras coisas que eles dizem é: “Não tenhas medo”…. Mas então os anjos metem medo??

 

Contrariamente à imagem que eu tinha na minha mente, quer ao longo do Antigo como no Novo Testamento, os Anjos surgem como personagens guerreiras e poderosas, cujo aspecto assusta os seres humanos a quem se dirigem – inclusivamente Nossa Senhora, na Anunciação –, sendo enviados pelo Senhor quando é necessário realizar uma missão “corpulenta” e robusta, como proteger alguém (livro de Tobias), destruir uma cidade (como ocorreu em Sodoma e Gomorra), ou então transmitir uma notícia de elevada importância, como a anunciação da concepção de Isaac, João Baptista e Jesus.    

 

Agora, talvez concordem comigo que esta imagem estará mais de acordo com as descrições dos Anjos que nos são dadas na Bíblia:

Guardian angel strong

Imagem retirada daqui.

 

Agora sim, consigo imaginar um ser como este a dizer a Lot: Fujam enquanto podem, porque o Senhor mandou-me destruir esta cidade e todos os seus habitantes …

 

Mas esta é apenas a minha opinião ... o que é que a Igreja Católica, com os seus mais de 2.000 anos de experiência e sabedoria, sabe sobre os Anjos?

Fui procurar a resposta no melhor livro que conheço, o Catecismo da Igreja Católica (CIC)!

 

catecismo.jpg

  • Os Anjos existem?

A existência dos seres espirituais, não corporais, a que a Sagrada Escritura habitualmente chama de Anjos, é uma verdade da fé. [CIC 328]

 

  • Quem são os Anjos?

Santo Agostinho diz a respeito deles: «Anjo é o nome do ofício, não da natureza. Desejas saber o nome da natureza? Espírito. Desejas saber o ofício? Anjo (anjo = mensageiro em latim)». Com todo o seu ser, os Anjos são servos e mensageiros de Deus. Pelo facto de contemplarem «continuamente o rosto do meu Pai que está nos Céus» (Mt 18:10), eles são «os poderosos executores das Suas ordens, sempre atentos à Sua palavra» (Sl 103:20). [CIC 329]

 Imagem retirada daqui.

 

  • Como é sua forma e o que conseguem fazer?

Enquanto criaturas puramente espirituais, são dotados de inteligência e vontade: são criaturas pessoas e imortais (Lc 20:36). [CIC 330]

 

  • Quando foram criados os Anjos?

Ei-los, desde a Criação (Job 38:7) e ao longo de toda a história da salvação, anunciando de longe ou de perto esta mesma salvação, postos ao serviço do plano divino. [CIC 332]

 

  • Que serviços prestaram os Anjos ao longo dos acontecimentos relatados na Bíblia?

Alguns exemplos de actividades prestadas pelos Anjos: fecharam o paraíso terrestre (Gn 3:24); protegeram Lot e a sua família (Gn 19); salvaram Agar e o seu filho (Gn 21:17); detiveram a mão de Abraão sobre Isaac (Gn 22:11); pelo seu Ministério foi comunicada a Lei (Act 7:53); são eles que conduziram o povo de Deus (Ex 23:20-23); anunciaram nascimentos (Jz 13); anunciaram vocações (Jz 6:11-24 e Is 6:6); assistiram os profetas (1 Rs 19:5). [CIC 332]

Mas o serviço mais marcante foi realizado pelo anjo Gabriel, que anuncia o nascimento do Precursor e o do próprio Jesus (Lc 1:11-26). [CIC 332]

 

Guardian Angel strong 2

 Imagem retirada daqui.

 

  • Quais as acções desempenhadas pelos Anjos ao longo da vida terrestre de Jesus?

Da Encarnação à Ascensão, a vida do Verbo Encarnado é rodeada da adoração e serviço dos anjos. Quando Deus «introduziu no mundo o Seu Primogénito, disse: Adorem-n'O todos os anjos de Deus» (Heb 1:6).

Eles protegem a infância de Jesus (Mt 1:20 e 2:13 e 2:19), servem-n'O no deserto (Mc 1:13 e Mt 4:11) e confortam-n'O na agonia (Lc 22:43). São ainda os Anjos que «evangelizam» (Lc 2:10), anunciando a Boa-Nova da Encarnação (Lc 2:8-14) e da Ressurreição de Cristo (Mc 16:5-7). E estarão presentes aquando da segunda vinda de Cristo, que anunciam (Act 1:10-11), ao serviço do Seu juízo (Mt 13:41 e Mt 24:31 e Lc 12:8-9).  [CIC 332]

 

  • Os Anjos actuam também nas nossas vidas?

Desde o seu começo (Mt 18:10) até à morte (Lc 16:22), a vida humana é acompanhada pela sua assistência e intercessão (Sl 34:8 e Sl 91:10-13, Job 33:23-24, Zc 1:12, Tb 12:12).  [CIC 336]

 

  • Então existem Anjos da Guarda?

«Cada fiel tem a seu lado um anjo como protector e pastor para o guiar na sua vida» (São Basílio Magno).  [CIC 336]

 

Transcrição do meu Catecismo da Igreja Católica, Gráfica de Coimbra, 2ªedição, 1999.

 

Bem, eu conto nada mais nada menos que 35 passagens bíblicas diferentes a referirem-se aos Anjos, e apenas nestes exemplos que nos são dados pelo Catecismo ... Parece-me que o Catecismo explica-nos muito bem tudo acerca dos Anjos. Ainda ficaram com perguntas ou dúvidas??  (Eu na altura ainda fiquei )

 

Pode ser que complementando com mais umas respostas provenientes da "Suma Teológica de São Tomás de Aquino em forma de Catecismo" (um dos meus livros favoritos de sempre, acerca do qual já falei aqui num post, podendo ser adquirido na Alexandria Católica) fiquem completamente esclarecidos :)

 

são tomas aquino.jpg

 Imagem retirada daqui.

  • Que coisa é um espírito?

É uma substância completa, que não está unida à matéria, nem tem relação com ela.

 

  • São muito numerosos os espíritos?

Sim Senhor; numerosíssimos

 

  • Excede o seu número ao de todas as demais naturezas criadas?

Sim, Senhor.

 

  • Para quê tantos?

Porque era conveniente que, na obra de Deus, o perfeito sobrepujasse ao imperfeito.

 

  • Qual é o nome comum a todos os espíritos puros?

É o de Anjos.

 

  • Podem os anjos unir-se substancialmente a um corpo, assim como as almas humanas?

Não, Senhor; e se bem que em algumas ocasiões tenham aparecido em forma humana, não tinham de homens, mais que a aparência exterior.

angel knight.jpg

 

  • Onde moram habitualmente os Anjos?

No Céu.

 

  • Podem transladar-se de um lugar para outro?

Sim, Senhor.

 

  • Em que consiste a vida íntima dos Anjos?

Suposto que são espíritos puros, consiste em conhecer e amar.

 

  • Os Anjos sabem o que acontece no mundo?

Sim, Senhor; porque o vêem nas suas espécies naturais, à medida que vai sucedendo.

 

  • Conhecem os pensamentos e os segredos dos corações?

Não, Senhor. 

 

  • Sabem o futuro?

Sem revelação especial - não, Senhor.

Imagem retirada daqui.

  • Que coisas amam os anjos necessariamente?

A Deus sobre todas as coisas, a si mesmos e às criaturas (ou seja, homens). 

 

Suma Teológica de São Tomás de Aquino em forma de Catecismo - escrita originalmente entre o ano de 1265 e 1273 por São Tomás de Aquino, e compilada na forma de Catecismo em 1942 por R. P. Tomás Pègues, transcrição das págs.19 a 21.

 

 

Então, qual é a vossa opinião acerca deste assunto? O que já conheciam previamente acerca dos Anjos?

 

Penso escrever mais uns quantos posts acerca de outras "descobertas" que fiz aquando da leitura do meu plano bíblico e que gostava de partilhar convosco. Mas antes gostava de saber o vosso feedback 

Acerca do meu plano de leitura bíblica

Ainda se lembram do meu Plano de Leitura Bíblica? (falei dele aqui e depois aqui
Penso que nunca cheguei a anunciar aqui no blog, mas terminei-o, não num ano como inicialmente queria, mas ao fim de um ano e meio. Ou seja, comecei-o em Setembro de 2014 e terminei-o em Fevereiro de 2016.

 

Eu tinha grandes esperanças para este "meu plano" - achava que ía perceber logo tudo, que me ía lembrar das histórias todas e que ía terminá-lo mais cedo do que a data que me tinha proposto.

Mas, na verdade, demorei a ler mais 6 meses do que tinha previsto; não percebi nem um terço do que li; e já não me lembro da maior parte das histórias .... 

 

Biblia e Terço.jpg

 

Não escrevo isto para vos desanimar. Se me perguntassem se eu penso que se deve ler a Bíblia toda, eu responderia - Claro que sim! Aquele pedacinho de leitura diária fazia-me sempre tão bem ... respondia sempre a alguma pergunta que eu tivesse, ajudava quase sempre a enfrentar alguma situação difícil do meu dia, e era verdadeiramente alimento para a minha pobre alma.... 

 

O problema - penso eu - é que eu era (e ainda sou) muito nova na Fé Católica. Neste mês de Maio, celebrei 2 anos de (re)conversão à Igreja Católica. Ás vezes, parece que já se passou mais de 20 anos, porque foram tantas as mudanças na minha vida que, por momentos, já nem sei bem como era a minha vida anterior. Mas, noutras vezes, parece que foi ontem e sinto-me uma autêntica criancinha, que sabe muito pouco ... muito pouco mesmo.

 

Desde Fevereiro que comecei a ler diariamente as leituras da missa do dia -  e o encadeamento entre as leituras do AT e do NT ajudou-me logo bastante a ligar as ideias, a criar pontes entre os temas, a compreender muitíssimo melhor o que aconteceu no passado e o que Jesus veio explicar/clarificar ou transformar. Esta é uma prática que aconselho vivamente a qualquer pessoa, em qualquer estadio de Fé em que estiver, a fazer todos os dias! Ler as leituras da missa do dia (quando não é possível ir à Eucaristia) nunca é tempo mal gasto - os frutos são tão abundantes, o coração enche-se de amor e misericórdia e até paciência! Oh, servimos um Deus tão bom ... 

 

Ser Igreja Doméstica

Olá a todos 

Sim, estou de volta ao blog! Os exames da faculdade já terminaram, correu tudo bem graças a Deus, e agora estou de férias :) oh, como será bom descansar ...

 

Descansar?

Bem, as "férias" começaram num fim-de-semana com muita coisa para fazer e para preparar, mas por uma belíssima, e há muito desejada, razão - a Eucaristia comemorativa da aprovação do Movimento das Famílias de Caná, em Mogofores, Aveiro! 

Podem ficar a saber mais sobre esta comemoração no novo e magnífico site das Famílias de Caná - vocês têm de ir lá espreitá-lo! Tem tantas coisas, tantos recursos, tantas formas e ideias de evangelização! Tem até um canal oficial do Movimento no Youtube, com vários vídeos!

É um site ideal para catequistas e para as famílias que pretendem ser Igreja Doméstica - têm actividades para quase todas as faixas etárias  Está simplesmente magnífico!!

 

A propósito das famílias de hoje a tentarem ser Igreja Doméstica, descobri por acaso (ou talvez não ) no facebook da Aleteia um pequeno vídeo legendado (de 4min), com o testemunho duma família que adoptou várias crianças, algumas delas com deficiências, onde falam também da sua Fé e das suas actividades na Igreja Católica. Que inspiração!

 

 

Na viagem até Aveiro, aproveitámos para passar por Fátima, onde fiz questão de rezar e acender uma velinha por todos os leitores que têm passado aqui pelo blog. O vosso apoio tem sido essencial na minha vida, e tenho no meu coração um local especial para cada um de vós. Obrigado por todas as mensagens de força, fé e coragem! Deus vos abençoe muito