Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem católica portuguesa.Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia, da caridade, do amor a Deus e ao próximo.Espero que ele vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem católica portuguesa.Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia, da caridade, do amor a Deus e ao próximo.Espero que ele vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

A minha primeira Quaresma

Pois é, hoje começa a minha primeira (verdadeira) Quaresma. (Será também a minha primeira missa da Quarta-feira de Cinzas)

É com toda a sinceridade que vos digo que não me lembro de nada que tenha feito nas Quaresmas que supostamente vivi enquanto era mais nova. O ano passado, voltei para a Igreja Católica após a Páscoa, e apesar de ter lido acerca da Quaresma pela primeira vez (no blog da Família Power), não cheguei a fazer nada de muito especial - basicamente, só deixei de comer carne à 6ªfeira! (ah, e lia o blog da Teresa ....)

 

Assim, esta Quaresma será muito especial para mim. Vai ser a primeira que vou viver verdadeiramente!! :)

De certa forma, para mim a Quaresma começou em Janeiro, depois de ter tido aqueles dias difíceis no início do ano, recomeçando a minha caminhada com o Senhor. Assim, desde essa altura que comecei a (tentar) praticar um maior autocontrolo e autodisciplina sobre mim (afinal, estava em exames da faculdade, e não podia fazer o que me apetecia!). Comecei com as acções que fazia/não fazia (e resultou! Boa!) e depois, quando comecei acabei os exames, passei para as palavras que dizia/não dizia (o que tem sido muito mais difícil!).

 

Quaresma2.pngNa minha pesquisa pela internet acerca da Quaresma, encontrei muitos textos que referiam a necessidade de não pensarmos que a Quaresma é sinónimo de sofrimento. De facto, penso que todos concordarão que já existe sofrimento mais que suficiente no mundo, e que todos temos de episodicamente lidar com ele nas nossas vidas. Eu não gostava nada de aumentar o sofrimento na minha vida nem das pessoas que vivem comigo!

E a verdade é que, nem Deus quer! Deus não quer que nós soframos! Foi por essa mesma razão que Ele nos enviou o Seu Filho Primogénito! Mas se tivermos que lidar com o sofrimento, pelo menos que aprendamos a fazê-lo de modo a que ele nos torne melhores pessoas. Deus não quer o nosso sofrimento, Ele quer a nossa santidade!

Assim, se eu conseguir ter autodisciplina e autocontrolo sob vários aspectos na minha vida, conseguirei que o meu coração e a minha mente se foquem apenas em Deus e nas pessoas ao meu redor (a quem posso e devo ajudar). A Quaresma torna-se assim numa altura de renovação. E eu estou mesmo a precisar disso!

 

Ainda na minha pesquisa pela internet, descobri também vários textos que realçavam que a Quaresma não é uma competição! (que é uma grande fraqueza do ser humano, na minha opinião – tornar tudo numa competição!)

A Quaresma não é uma competição entre mim e outra pessoa, a fazer quem consegue abdicar de mais coisas! Nem é uma competição entre mim e o meu eu. Porque se fizermos tal coisa, perderemos o nosso foco. Vejam, se eu me concentrar na competição que sinto que tenho de realizar com o meu vizinho, na tentativa de fazer mais coisas que ele, o meu foco estará no meu ego, no meu orgulho, na minha glória, e não em Deus e na Sua glória. Dessa forma, não estarei a preparar-me para receber Cristo Ressuscitado.

 

Um belíssima forma de nos prepararmos para O receber será com toda a certeza no Retiro Quaresmal das Famílias de Caná. Acreditem que será a melhor prenda do Dia da Mulher que poderão oferecer-se a si próprias e às vossas famílias. Ninguém vem de lá a mesma pessoa, nem a mesma família! Tenham a coragem de receber Jesus nas vossas casas e nas vossas vidas. Venham! :)

rezar.jpg

 

Pretendo fazer com que, no final desta Quaresma, surja uma melhor versão de mim mesma, mais santa e mais íntima de Deus! Quem está comigo? :)

 

"Como posso retribuir ao Senhor toda a sua bondade para comigo?
Erguerei o cálice da salvação e invocarei o nome do Senhor.
Cumprirei para com o Senhor os meus votos, na presença de todo o seu povo.
Senhor, sou teu servo, Sim, sou teu servo, filho da tua serva; Tu livraste-me das minhas correntes.
Oferecerei a ti um sacrifício de gratidão e invocarei o nome do Senhor.
Cumprirei para com o Senhor os meus votos, na presença de todo o seu povo,
nos pátios da casa do Senhor, no seu interior, ó Jerusalém!

Aleluia!" Salmos 116:12-19"

4 comentários

Comentar post