Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem rapariga católica. Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia e do amor incondicional ao próximo. Espero que este blog vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem rapariga católica. Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia e do amor incondicional ao próximo. Espero que este blog vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

A Procura da Santidade

Hoje é Dia de Todos os Santos. Que dia tão especial!

 alphabet of saints.jpg

Imagem retirada do Pinterest

 

A festa deste dia é celebrada em honra de todos os santos e mártires, nossos conhecidos ou não. Pudemos assim aproveitar o dia para relembrarmos santos que nos tocaram particularmente com as suas vidas, ler algumas biografias e agradecer-lhes por todas as vezes que rogaram e intercederam por nós.

 

Há já algum tempo que um dos sites que se encontra na minha barra de marcadores da internet, é este:

Portal Paulinas - Santo do dia

 

Abro este site todos os dias que venho ao computador e tem-me ajudado diariamente, quer a ter inspiração para o que tenho que fazer, quer a aprender acerca das vidas e dos feitos de vários santos e santas que eu não conhecia.

 

Quando ponderava sobre o que escrever neste post, dei por mim, como já é costume, a pensar nos vários posts que a Teresa escreve. Ando particularmente pensativa acerca dos seus posts sobre a santidade e do dever que cada cristão tem de a procurar todos os dias da sua vida. Nunca antes me tinha apercebido desta responsabilidade até a Teresa o dizer tão explicitamente.

E, de repente, parece que encontro por todos os lados mais passagens bíblicas a dizer isto mesmo e me deparo com outros textos e pensamentos de diferentes cristãos acerca deste assunto. Falo, por exemplo, das ideias defendidas pelo Santo Papa João Paulo II e pelo Papa Francisco. Ambos dedicaram o seu papado a divulgarem ao mundo este chamamento pessoal que Cristo nos faz, da vocação individual para a santidade:

 

«Sede perfeitos, como o vosso Pai celeste é perfeito» (Mateus 5:48)

 

Os santos não estão todos mortos. Alguns vivem hoje, no mesmo mundo que nós. Os santos não são só pessoas que viveram há muito tempo e que fizeram coisas extraordinárias, que no presente nos parecem quase impossíveis. A verdade, parece-me que esquecida pelo mundo, é que cada pessoa tem o potenciar para ser santa. Pois, Deus encheu-nos de bênçãos, ofereceu-nos inúmeros dons e concedeu-nos infinitas graças.

 

«Os cristãos, de qualquer estado ou ordem, são chamados à plenitude da vida cristã e à perfeição da caridade. (…) Para alcançar esta perfeição, empreguem os fiéis as forças recebidas segundo a medida em que Cristo as dá, a fim de que (…) obedecendo em tudo à vontade do Pai, se consagrem com toda a alma à glória do Senhor e ao serviço do próximo. Assim crescerá em frutos abundantes a santidade do povo de Deus, como patentemente se manifesta na história da Igreja, com a vida de tantos santos» - Concílio Vaticano II.

 

E nós? E eu? E tu?

Estaremos finalmente dispostos a aceitar o chamamento para a santidade de Jesus?

4 comentários

Comentar post