Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem rapariga católica. Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia e do amor incondicional ao próximo. Espero que este blog vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem rapariga católica. Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia e do amor incondicional ao próximo. Espero que este blog vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

Os Anjos

Continuando no espírito do post anterior, gostava de falar convosco acerca de alguns dos resultados e conclusões a que cheguei ao longo do meu plano bíblico.

No seu decorrer fiz uma série de descobertas que foram, para mim, verdadeiramente surpreendentes: por um lado, descobri que algumas das minhas ideias pré-concebidas acerca dum dado assunto estavam erradas ou, pelo menos, bastante longe da verdade; por outro lado, descobri várias coisas novas que não conhecia e nem fazia a mínima ideia.

 

Uma dessas descobertas foi a alegria e o sorriso de Jesus – de que já falei num post anterior.

 baby angel.jpg

 

Outro assunto que me cativou e deslumbrou bastante foram os Anjos. Não sei se convosco acontecerá o mesmo, mas a ideia e a imagem-chave que eu tinha dos Anjos era bastante parecida com esta.

Para mim, os Anjos eram parecidos com as crianças pequenas, branquinhos, pequeninos e gordinhos, com caracóis loiros e olhos claros, com umas asinhas pequeninas e sempre acompanhados de flores e música “angelical” e panos ondulantes à sua volta  ... (suspiro).

 

Imagem encontrada no Pinterest

 

Ou, achava eu, pelo menos os Anjos da Guarda deviam ser assim, como nesta segunda imagem: anjos femininos de aspecto muito doce e suave, novamente branquinhos e com os seus longos e bonitos caracóis, a acompanhar serenamente o seu respectivo ser humano, sempre a protegê-lo para não tropeçar e para não se meter em asneiras ….

 

Guardian angel sweet

 Imagem retirada daqui.

 

Início do meu plano bílbico. Génesis capítulo 3, versículo 24, final do relato da Queda de Adão e Eva do Paraíso: “[Deus] expulsou o homem e colocou diante do jardim do Éden os querubins e a espada flamejante, para guardar o caminho da árvore da vida.

Oh, querubins, que palavra tãoo querida  claro que são pequenas criaturinhas branquinhas, gordinhas e loirinhas….

 

Génesis, início do capítulo 18: aparecem 3 Anjos à frente da tenda de Abraão e Abraão … prostra-se diante deles? E chama-lhes Senhor??? …. isto não faz sentido … bem, pelo menos, devem ter mesmo uma aparência humana …

 

Ora, deviam ter visto a minha cara quando, mais à frente, no capítulo 19 leio que 2 desses Anjos vão a Sodoma, falar com Lot, sobrinho de Abraão, e lhe dizem: “Faz sair deste lugar os teus filhos e filhas, e todos os teus parentes que estão nesta cidade, porque nós vamos destruir este lugar, pois é grande o clamor que se ergueu contra eles diante de Yahweh. E Yahweh enviou-nos para os exterminar.”(Gn 19:12-13) e depois, mais à frente, que foram destruídas todas as cidades e toda a planície, com todos os seus habitantes ….

 

Ahn??? 

Os anjinhos loirinhos e gordinhos … destroem cidades?? exterminam pessoas?? Ahn?????

 

Na verdade, vim a descobrir mais tarde, em quase todas as passagens bíblicas em que surgem Anjos, uma das primeiras coisas que eles dizem é: “Não tenhas medo”…. Mas então os anjos metem medo??

 

Contrariamente à imagem que eu tinha na minha mente, quer ao longo do Antigo como no Novo Testamento, os Anjos surgem como personagens guerreiras e poderosas, cujo aspecto assusta os seres humanos a quem se dirigem – inclusivamente Nossa Senhora, na Anunciação –, sendo enviados pelo Senhor quando é necessário realizar uma missão “corpulenta” e robusta, como proteger alguém (livro de Tobias), destruir uma cidade (como ocorreu em Sodoma e Gomorra), ou então transmitir uma notícia de elevada importância, como a anunciação da concepção de Isaac, João Baptista e Jesus.    

 

Agora, talvez concordem comigo que esta imagem estará mais de acordo com as descrições dos Anjos que nos são dadas na Bíblia:

Guardian angel strong

Imagem retirada daqui.

 

Agora sim, consigo imaginar um ser como este a dizer a Lot: Fujam enquanto podem, porque o Senhor mandou-me destruir esta cidade e todos os seus habitantes …

 

Mas esta é apenas a minha opinião ... o que é que a Igreja Católica, com os seus mais de 2.000 anos de experiência e sabedoria, sabe sobre os Anjos?

Fui procurar a resposta no melhor livro que conheço, o Catecismo da Igreja Católica (CIC)!

 

catecismo.jpg

  • Os Anjos existem?

A existência dos seres espirituais, não corporais, a que a Sagrada Escritura habitualmente chama de Anjos, é uma verdade da fé. [CIC 328]

 

  • Quem são os Anjos?

Santo Agostinho diz a respeito deles: «Anjo é o nome do ofício, não da natureza. Desejas saber o nome da natureza? Espírito. Desejas saber o ofício? Anjo (anjo = mensageiro em latim)». Com todo o seu ser, os Anjos são servos e mensageiros de Deus. Pelo facto de contemplarem «continuamente o rosto do meu Pai que está nos Céus» (Mt 18:10), eles são «os poderosos executores das Suas ordens, sempre atentos à Sua palavra» (Sl 103:20). [CIC 329]

 Imagem retirada daqui.

 

  • Como é sua forma e o que conseguem fazer?

Enquanto criaturas puramente espirituais, são dotados de inteligência e vontade: são criaturas pessoas e imortais (Lc 20:36). [CIC 330]

 

  • Quando foram criados os Anjos?

Ei-los, desde a Criação (Job 38:7) e ao longo de toda a história da salvação, anunciando de longe ou de perto esta mesma salvação, postos ao serviço do plano divino. [CIC 332]

 

  • Que serviços prestaram os Anjos ao longo dos acontecimentos relatados na Bíblia?

Alguns exemplos de actividades prestadas pelos Anjos: fecharam o paraíso terrestre (Gn 3:24); protegeram Lot e a sua família (Gn 19); salvaram Agar e o seu filho (Gn 21:17); detiveram a mão de Abraão sobre Isaac (Gn 22:11); pelo seu Ministério foi comunicada a Lei (Act 7:53); são eles que conduziram o povo de Deus (Ex 23:20-23); anunciaram nascimentos (Jz 13); anunciaram vocações (Jz 6:11-24 e Is 6:6); assistiram os profetas (1 Rs 19:5). [CIC 332]

Mas o serviço mais marcante foi realizado pelo anjo Gabriel, que anuncia o nascimento do Precursor e o do próprio Jesus (Lc 1:11-26). [CIC 332]

 

Guardian Angel strong 2

 Imagem retirada daqui.

 

  • Quais as acções desempenhadas pelos Anjos ao longo da vida terrestre de Jesus?

Da Encarnação à Ascensão, a vida do Verbo Encarnado é rodeada da adoração e serviço dos anjos. Quando Deus «introduziu no mundo o Seu Primogénito, disse: Adorem-n'O todos os anjos de Deus» (Heb 1:6).

Eles protegem a infância de Jesus (Mt 1:20 e 2:13 e 2:19), servem-n'O no deserto (Mc 1:13 e Mt 4:11) e confortam-n'O na agonia (Lc 22:43). São ainda os Anjos que «evangelizam» (Lc 2:10), anunciando a Boa-Nova da Encarnação (Lc 2:8-14) e da Ressurreição de Cristo (Mc 16:5-7). E estarão presentes aquando da segunda vinda de Cristo, que anunciam (Act 1:10-11), ao serviço do Seu juízo (Mt 13:41 e Mt 24:31 e Lc 12:8-9).  [CIC 332]

 

  • Os Anjos actuam também nas nossas vidas?

Desde o seu começo (Mt 18:10) até à morte (Lc 16:22), a vida humana é acompanhada pela sua assistência e intercessão (Sl 34:8 e Sl 91:10-13, Job 33:23-24, Zc 1:12, Tb 12:12).  [CIC 336]

 

  • Então existem Anjos da Guarda?

«Cada fiel tem a seu lado um anjo como protector e pastor para o guiar na sua vida» (São Basílio Magno).  [CIC 336]

 

Transcrição do meu Catecismo da Igreja Católica, Gráfica de Coimbra, 2ªedição, 1999.

 

Bem, eu conto nada mais nada menos que 35 passagens bíblicas diferentes a referirem-se aos Anjos, e apenas nestes exemplos que nos são dados pelo Catecismo ... Parece-me que o Catecismo explica-nos muito bem tudo acerca dos Anjos. Ainda ficaram com perguntas ou dúvidas??  (Eu na altura ainda fiquei )

 

Pode ser que complementando com mais umas respostas provenientes da "Suma Teológica de São Tomás de Aquino em forma de Catecismo" (um dos meus livros favoritos de sempre, acerca do qual já falei aqui num post, podendo ser adquirido na Alexandria Católica) fiquem completamente esclarecidos :)

 

são tomas aquino.jpg

 Imagem retirada daqui.

  • Que coisa é um espírito?

É uma substância completa, que não está unida à matéria, nem tem relação com ela.

 

  • São muito numerosos os espíritos?

Sim Senhor; numerosíssimos

 

  • Excede o seu número ao de todas as demais naturezas criadas?

Sim, Senhor.

 

  • Para quê tantos?

Porque era conveniente que, na obra de Deus, o perfeito sobrepujasse ao imperfeito.

 

  • Qual é o nome comum a todos os espíritos puros?

É o de Anjos.

 

  • Podem os anjos unir-se substancialmente a um corpo, assim como as almas humanas?

Não, Senhor; e se bem que em algumas ocasiões tenham aparecido em forma humana, não tinham de homens, mais que a aparência exterior.

angel knight.jpg

 

  • Onde moram habitualmente os Anjos?

No Céu.

 

  • Podem transladar-se de um lugar para outro?

Sim, Senhor.

 

  • Em que consiste a vida íntima dos Anjos?

Suposto que são espíritos puros, consiste em conhecer e amar.

 

  • Os Anjos sabem o que acontece no mundo?

Sim, Senhor; porque o vêem nas suas espécies naturais, à medida que vai sucedendo.

 

  • Conhecem os pensamentos e os segredos dos corações?

Não, Senhor. 

 

  • Sabem o futuro?

Sem revelação especial - não, Senhor.

Imagem retirada daqui.

  • Que coisas amam os anjos necessariamente?

A Deus sobre todas as coisas, a si mesmos e às criaturas (ou seja, homens). 

 

Suma Teológica de São Tomás de Aquino em forma de Catecismo - escrita originalmente entre o ano de 1265 e 1273 por São Tomás de Aquino, e compilada na forma de Catecismo em 1942 por R. P. Tomás Pègues, transcrição das págs.19 a 21.

 

 

Então, qual é a vossa opinião acerca deste assunto? O que já conheciam previamente acerca dos Anjos?

 

Penso escrever mais uns quantos posts acerca de outras "descobertas" que fiz aquando da leitura do meu plano bíblico e que gostava de partilhar convosco. Mas antes gostava de saber o vosso feedback 

8 comentários

Comentar post