Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem rapariga católica. Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia e do amor incondicional ao próximo. Espero que este blog vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem rapariga católica. Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia e do amor incondicional ao próximo. Espero que este blog vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

Pequenas gotas de água

Passou-se mais uma semana de exames - e já vou a meio! Boaa!

Fiz 4 exames nas últimas 48h, o último hoje, sábado de manhã! Que maratona! 

Já acabei todas as avaliações da cadeira de Cirurgia, o próximo exame será de Pediatria, um dos mais difíceis de sempre, mas sem dúvida bastante recompensador!

Oh, santa Gianna Molla, roga por mim! :)

 

A época de exames, no caso dos estudantes, mas todas as épocas especialmente preenchidas da nossa vida, cheias de trabalho e de stress, são alturas de grandes tentações. Temos tantas coisas para fazer! Andamos tão cansados! A paciência já se esgotou há muito ... 

studying.jpg

Imagem retirada daqui.

 

Eis que uma vozinha se faz ouvir, traiçoeira e disfarçada como sempre:

 

Tu tens tanta coisa para fazer … porque é que ainda perdes tempo a ir à missa? Deus vê o que estás a fazer, Ele não se vai importar se faltares só desta vez … e da próxima também não … é só uma vezinha ou outra! Afinal, tu vais lá todos os domingos, Ele nem vai notar a tua falta!

 

E depois:

 

Oh, és tão parvo por gastares o teu tempo tão precioso a rezar! Que parvoíce, para quê? Devias era ligar a TV e “desanuviares” um pouco a cabeça…

 

E aos poucos, um pouquinho a cada dia, esquecemo-nos de Deus… Aos pouquinhos, Jesus deixa de ter importância, e é simplesmente esquecido, juntamente com todas as outras “coisas” que só nos “ocupam a mente”…. Quando eu tiver mais tempo, logo volto a rezar, está bem Jesus? Mas agora não ….

 

Amanhã, mas hoje não…

 

Quantas vezes esta já foi a minha história? Oh, tantas, tantas vezes ….

 

Felizmente estamos no Inverno, e as pequenas gotas de chuva que batem na janela do meu escritório fazem-me constantemente lembrar duma pequena história, que um dia o padre da nossa paróquia me contou. Uma pequena e simples história mas que me marcou verdadeira e profundamente.

 

woman with water vessel.jpg

Era uma vez uma senhora que ia buscar água a um poço, longe da sua casa, várias vezes ao dia. A senhora usava uma vasilha velhinha e bastante usada, com um pequeno furo no fundo, que deixava ir pingando, gota a gota, durante todo o caminho de volta para casa. Ora, no final da viagem a senhora perdia uma quantidade significativa de água. E assim, tinha de ir ao poço mais vezes ao longo do seu atarefado dia de trabalho….

 

Uma vizinha via esta situação e, querendo ajudar, dizia-lhe várias vezes:

“Porque não tapas o pequeno buraco da tua vasilha? Não vês que assim tens de ir ao poço mais vezes? E logo tu, que tens sempre tanta coisa em casa para fazer. Pouparias tanto tempo e trabalho!”

Mas a senhora recusava sempre….

 

Women Drawing Water from Stream... Shottery Brook, 

Warwickshire, England, UK. 1890.

Imagem retirada do Pinterest. 

 

Um dia, a vizinha tanto insistiu, e apesar dos protestos da senhora, lá emendou o pequeno furo da vasilha. Passado uns tempos, a mesma vizinha comenta:

“Antes havia aqui na nossa rua tantas flores espalhadas pelo caminho. Oh, estava tudo sempre tão bonito e florido. Agora, já não há aqui nada, já não há flores…. O que terá acontecido?”

Eis que a outra senhora lhe respondeu:

“O que aconteceu foi que remendaste o pequeno furo da minha vasilha velha, que deixava pingar várias gotas de água aqui e ali pelo caminho…..o que fazia com que as flores crescessem, e tudo ficasse florido!”

 

Às vezes, ao longo da nossa vida atarefada (e diria eu, quanto mais atarefada ela estiver!), é bom "perdermos" tempo com pequenas gotas de água que deixamos cair, aqui e ali … um sorriso, uma pequena ajuda, uma palavra de apoio. Mais 5 minutos de conversa alegre com os pais; ou 10 minutos de brincadeira com os filhos; ou 15 minutos para rezarmos a Jesus e agradecer-Lhe por tudo o que nos oferece diariamente, ou (que sacrifício!) uma hora inteira do total de 168 horas que o Senhor nos presenteia semanalmente….

Uma gota de água, aqui e ali …. um “Obrigado, Senhor!”.... um “Nós, Jesus” …

 

Não nos devemos nunca esquecer que serão essas pequenas gotas de água que, no final de tudo, fazem florir a nossa vida! 

 

E Domingo celebrem connosco!

4 comentários

Comentar post