Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem católica portuguesa. Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia e do amor incondicional ao próximo. Espero que ele vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem católica portuguesa. Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia e do amor incondicional ao próximo. Espero que ele vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

Sobre mim - a minha história (parte 1)

Olá :)

Sejam muito bem-vindos!

 

Eu chamo-me Marisa, tenho 21 anos, sou católica e estudante de Medicina em Lisboa.

 

Gostava de vos contar um pouco da minha história:

Eu pertenço a uma família tipicamente portuguesa, os "católicos não-praticantes": aparecem na igreja nos baptizados, nos casamentos e nos funerais. E pronto! está óptimo, já chega!

Sou filha única, mas fomos sempre 5 cá em casa: eu, a mãe, o pai, a avó e o avô paternos. E sempre fomos muito felizes. Com 9 anos entrei para a catequese, por iniciativa própria. Tenho memórias muito felizes desse tempo. A minha primeira comunhão. A minha profissão de Fé. Penso que cheguei ao 7/8º volume. 

 

Por volta dos meus 14 anos, a mãe teve cancro da mama. Foi uma situação muito complicada para a nossa família, com muitas incertezas, muitas dúvidas, e muitos medos. Simultaneamente, eu estava a passar por uma fase de adolescência muito difícil, com muita rebeldia e agressividade. Simultaneamente, comecei a namorar com um rapaz, contra a vontade da minha família. Simultaneamente, a doença psiquiátrica do meu pai agravou-se bastante. Simultaneamente, houve incertezas profissionais e económicas na família. Simultaneamente, o nosso mundo, então perfeito, parecia estar a desmoronar-se...

Nessa altura, uma vazio muito grande, um sombra muito negra, um autêntico deserto sem fim, criou-se no meu coração.

E eu revoltei-me contra Deus. Como era possível que Ele tivesse deixado acontecer algo assim à nossa família??!!

Afastei-me de Deus de todas as maneiras que encontrei. Destrui tudo o que tinha relacionado com Ele. Alterei radicalmente a forma como via o mundo. Fugi desesperadamente de tudo o que Lhe dizia respeito.

Oh, as heresias que cometi! Quis ser igual ao mundo: imitei as suas acções, os seus gostos, os seus interesses. Depois quis ser diferente dele, e envolvi-me em outras culturas, em seitas, em outras religiões. Envolvi-me na religião Wicca, estudei Budismo e Hinduísmo, fiz Yoga durante muito tempo.... Experimentei tudo, numa busca desenfreada de algo que preenchesse o vazio que sentia...

 

Entretanto, cheguei aos 18 anos. E a minha vida voltou a mudar.

Na semana em que fiz 18 anos, o meu então namorado terminou a relação que mantínhamos há 4 anos. Simultaneamente, perdi várias amizades. Simultaneamente, os avós adoeceram e foram hospitalizados. Simultaneamente, o pai teve a sua pior crise até hoje, tendo sido também hospitalizado. Simultaneamente, saí da minha tão amada escola secundária, onde estava há tantos anos e onde era tão feliz, e fui para a faculdade de medicina, tão difícil e trabalhosa, completamente sozinha. Simultaneamente, parecia que o meu mundo ia voltar a desabar...

 

Então, um dia lembrei-me. Do meu passado, de quem fui, como era a minha vida há tantos anos atrás, e o quanto era feliz. Nesse dia rezei muito a Deus, algo que durante tantos anos nunca fiz.

Então, todos voltaram do hospital para casa. 

Então, compreendi que aquela relação estava destinada a não ter futuro.

Então, conheci uma rapariga fantástica na faculdade, católica muito devota. Que, com muita insistência e com muita alegria, ajudou-me a reencontrar Deus.

Então, ganhei coragem para pedir perdão a Deus. E Ele aceitou-me de volta. De braços abertos!

Então, ficou tudo bem :)

 

"Mas Deus demonstra o seu amor para conosco, porque Cristo morreu por nós, quando ainda éramos pecadores." Romanos 5:8

8 comentários

Comentar post