Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem esposa e mãe católica portuguesa. Neste blog partilho a minha caminhada em busca de Deus e da santidade, através da nossa Igreja Doméstica crescente!

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem esposa e mãe católica portuguesa. Neste blog partilho a minha caminhada em busca de Deus e da santidade, através da nossa Igreja Doméstica crescente!

Santa Isabel, rogai por nós!

Queridos amigos, queridos leitores

 

Escrevo este post pedindo a intercessão das vossas orações. Como alguns de vós sabem, por uma graça extraordinária do Senhor, nós ficámos grávidos com o nosso primeiro filho, uma menina, logo no início do nosso casamento. Tem sido uma gestação um tanto ou quanto atribulada. No primeiro trimestre, tivemos um total de 3 ameaças de aborto, que felizmente se foram resolvendo uma a uma ... E a gravidez parecia que iria correr bem, depois disso. Descobrimos que o Senhor nos tinha confiado a vida duma menina para acolhermos na nossa família e a nossa alegria não podia ser maior! 

A nossa menina chamar-se-á Isabel: em primeiro lugar, pedindo a intercessão de Santa Isabel da Visitação, a santa bíblica cuja vida temos tanto apreço e admiração, e, em segundo lugar, pedindo a intercessão das duas grandes Rainhas Santas, Santa Isabel de Portugal e Santa Isabel da Hungria, sua tia-avó, demonstrando e reflectindo assim o amor da nossa família tanto pela Fé como pela História. 

IMG-20211126-WA0006 (2).jpeg

 

Contudo, chegados ao terceiro e último trimestre da gestação, o Senhor chamou-nos a um novo aprofundamento nos mistérios do Seu amor. A nossa filha Isabel não está a crescer como deveria. Está muito, muito pequenina. Tão pequenina que, consoante a evolução nos próximos dias ou semanas, poderá muito bem ter de nascer antes do tempo. Quão cedo, Deus assim nos dirá... Temos vivido, literalmente, um dia de cada vez. Só contávamos com a nossa menina nos nossos braços a partir da 2ª semana de Janeiro de 2022, ou até mais tarde ... e agora, quase de certeza, que tal acontecerá pelo menos até ao dia de Natal ... Portanto, os últimos dias têm sido de muitas mudanças, adaptações, idas ao hospital, exames, injeções, consultas, ecografias e ctgs e assim permanecerão ...

 

Estamos certos de que esta situação nos tornará mais mais humildes, mais dependentes do amor do Senhor e da Sua graça constante, mais fortes na Fé, mais juntos e unidos na dor, que é necessária, para a retenção e salvação da humanidade, "completando" assim "na [nossa] carne o que falta às tribulações de Cristo, pelo Seu Corpo, que é a Igreja, da qual somos servos" (Col 1,24). É uma grande graça poder reconhecer, cada vez mais e melhor, a enorme benção - disfarçada à primeira vista, é certo - que é poder ir partilhando um pouco do Calvário com Jesus ...

 
O Advento ainda agora começou - e já se tornou, em todos os aspectos, tão real e concreto nas nossas vidas, tão semelhante ao primeiro Advento da História ... Seja sempre feita a vontade do Senhor nas nossas vidas.
 
Assim, se puderem e se lembrarem, por favor, rezem por nós, pela nossa família e, em especial, pela vida desta pequena (grande) menina que o Senhor nos confiou. Bem haja a cada um de vós! 

10 comentários

Comentar post