Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem católica portuguesa.Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia, da caridade, do amor a Deus e ao próximo.Espero que ele vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

Uma Jovem Católica

Sou uma jovem católica portuguesa.Neste blog partilho a minha caminhada em busca da santidade, da fé, da misericórdia, da caridade, do amor a Deus e ao próximo.Espero que ele vos possa ajudar a encontrar a Alegria do Evangelho!

A mensagem mais importante do Natal

Não faço a mínima ideia como é possível que dentro de poucos dias estejamos a celebrar o Natal!

Para mim, o Advento passou a correr! Não tive tempo, com muita pena minha, para grandes preparações meditativas ou espirituais, aliás, não tive tempo para quase nada do que costumava fazer .... Além do facto destas últimas semanas terem sido bastante atípicas e não pelas melhores razões... 

 

De qualquer das formas, o Senhor assegurou-Se que eu me mantinha bastante ocupada a fazer minúsculos, (aparentemente) infinitos e (quase) insignificantes mini-mini-mini actos de amor e de sacrifício, que Ele lá me ía pedindo ...  muitos "quase nadas", muitas "coisinhas pequeninas", bastante mascaradas e disfarçadas mas ... ainda assim, actos de amor e de sacrifício, feitos com todo o coração. Não tenho dúvidas que o Senhor esteve atento a todas elas, como está sempre em relação ao que cada um de nós faz.

 

No meio disto tudo, ontem acabei por me lembrar dum texto que escrevi no Natal passado - precisamente acerca de não me sentir preparada para receber Jesus como Ele merecia. Reler aquele texto ajudou-me bastante a aceitar a minha situação e as minhas limitações neste período da minha vida, e espero que vos ajude um pouco também. 

 

Quando temos pouco tempo, temos de escolher o que é mais importante.

Existem inúmeros temas acerca dos quais se pode reflectir durante o Advento e nas celebrações do Natal que se avizinham. Mas, este ano, escolho focar-me apenas no essencial - na mensagem mais importante, mais profunda e primordial por detrás do Natal, belissímamente apresentada pelo nosso querido Pe. Paulo Ricardo (vídeo do Natal de 2015).

 

 

A todos os meus amigos e leitores, 

 

* Um Santo e Feliz Natal! *

Tu fazes parte da família agora

Gostava de partilhar convosco uma carta que li recentemente. Foi escrita por um jovem americano, de nome Jurell Sison, após um momento de meditação neste Natal. Leiam-na atentamente:

 

O nascimento de Jesus: Tu fazes parte da família agora

Por Jurell Sison (tradução minha)

(A seguinte carta inclui os meus pensamentos após uma meditação sobre o nascimento de Jesus, durante o Quarto Domingo do Advento).

 

"Durante a minha reflexão de hoje, descobri que tenho que entrar na minha imaginação senão, caso contrário, ficarei apenas sentado à espera que as coisas aconteçam magicamente. Senhor, ajuda-me a usar o que está ao meu redor e a usar a minha consciência como um veículo que me transporta para o mundo da Sua história.

 

Comecei por ficar quieto e rezar por paz e calma. Depois, fechei os olhos e imaginei-me a levantar-me da minha cadeira e a sair pela porta da minha casa. Dirigi-me para a rua e andei na direcção duma floresta. Subi umas rochas íngremes, e sobre um monte encontrei uma cidade, de nome Belém.

 

Foi magnífico e assustador ao mesmo tempo! Vi milhares de estrelas espalhadas pelo céu. Continuei a andar, na direcção do que parecia um celeiro e um estábulo. Foi então que os vi, Maria e José!

 

Maria tinha acabado de dar à luz, e parecia que eu tinha chegado exactamente na altura do sossego após a tempestade. Eu mantive-me de pé, à distância, no escuro. Maria prendia toda a minha atenção. Como ela era jovem e bonita. Parecia quase da minha idade e tinha cara de tornar-se imediatamente minha amiga. Então ela balançou a cabeça para mim, como se tivesse estado à minha espera e, naquele momento, senti imediatamente o seu calor e a sua juventude, a sua compaixão e o seu amor pelo seu Filho.

 

Lembro-me que me aproxima com cuidado. O Bebé Jesus estava a dormir profundamente. Sentei-me com eles, olhando para o pequeno Milagre, e depois de algum tempo reuni finalmente a coragem de perguntar a Maria: "Posso ajudar em alguma coisa?"

Maria sussurrou em resposta: "Não, apenas fica aqui por algum tempo. Ele está muito feliz por estares aqui.”. Então eu sentei-me pacificamente ao seu lado, maravilhado com a admiração e a reverência que sentia ao ver o nosso Salvador.

 

dia de natal.jpg

 

Maria perguntou-me então, com um sorriso caloroso e encorajante, se O queria abraçar. Ela sabia que eu estava com medo, mas assegurou-me, dizendo: "Esta Criança é tanto tua quanto é minha."

Segurei-O com carinho nos meus braços. Oh, sentia-me tão humilde e tão honrado! Sussurrava-Lhe continuamente: "Tu vieste para salvar o mundo!”

 

Quando chegou a hora de me ir embora, Maria segurou de volta em Jesus, e olhando nos meus olhos disse-me: "Tu fazes parte da família agora."

 

Obrigado, querida Maria, por me deixares ser parte da tua família. E agora estou muito contente, meu Senhor. Mal posso esperar por O ver crescer!

 

Vemo-nos dentro de pouco tempo!

Com amor, Jurell"

 

 

Queridas famílias, tentem fazer também hoje uma pequena meditação.

Guardem um momento. Fechem os olhos, e preparem-se para receber Deus no vosso coração. Digam-Lhe: Eis-me aqui, Senhor. Aqui estou. Fale comigo que eu escuto.

Depois, imaginem-se em Belém, imaginem-se a chegar ao local onde Jesus nasceu. 

Imaginem Maria e José. O que lhes querem dizer?

Olhem para o Menino, acabado de nascer. Segurem-nO nos vossos braços. Transmitam-Lhe todo o vosso carinho, todo o vosso amor, toda a vossa admiração por Ele.

E sintam-se, também vocês, verdadeiramente parte da família de Deus.

 

Queridas famílias, desejo-vos a todos um Santo Natal, cheio de bençãos e de alegria!